quarta-feira, 23 de julho de 2008

José Augusto Berbert de Castro

Morreu ontem, no Hospital Português onde estava internado, o jornalista José Augusto Berbert de Castro, cuja carreira foi toda pontuada em "A Tarde". Também cronista, Berbert foi uma figura singular e polêmica. Escreveu diversos livros, e se divertia (tem um livro a respeito) de ter sido excomungado pelo cardeal Augusto da Silva, nos anos 50/60. O Cardeal Da Silva tinha tamanho poder na Bahia que extrapolava da religião católica para invadir à política. Berbert, foi um nome marcante numa geração de brilhantes jornalistas de A Tarde e teve sua vida dedicada a familia, ao jornalismo e ao cinema. (Samuel Celestino)

Um comentário:

rrfauaze disse...

TIVE A ALEGRIA DE PRIVAR DA AMIZADE DE jOSÉ AUGUSTO BERBERT DE CASTRO. HÁ POUCO TEMPO, SEUS OLHOS BRILHARAM QUANDO EU LHE TROUXE, DOS ESTADOS UNIDOS, O FILME ZULU, QUE ELE PROCURARA, POR MUITOS ANOS, SEM SUCESSO.DISPENSÁVEL COMENTAR A FIGURA INTERESSANTE E POLÊMICA QUE ERA, ACIMA DE TUDO, INTELIGENTE E SENSÍVEL. SAUDADE, QUERIDO AMIGO! OBRIGADA POR VOCÊ TER EXISTIDO!
ROSA FAUAZE